Centro de Atendimento a Vítimas de Violência -“Primeiro Passo” Implementado no Norte do Concelho

Foi celebrado, ontem, um Protocolo de Parceria entre a Delegação de Matosinhos da Cruz Vermelha Portuguesa e a União de Freguesias de Perafita, Lavra e Santa Cruz do Bispo, para implementação de Centro de Atendimento a Vítimas de Violência -“Primeiro Passo”.

A sessão decorreu nas instalações do Pólo de Perafita onde marcaram presença, Lurdes Queirós, Presidente da Junta de Freguesia e a sua equipa da Ação Social, Patrícia Faro e José Pinto , Presidente da direção e Tesoureiro e Psicólogo Clínico e de Saúde da Cruz Vermelha Portuguesa- Delegação de Matosinhos, respetivamente, e Andreia Azevedo, Assistente Social e Maria Vaz, Jurista.

Através desta parceria, os técnicos do CAVV, vão passar a prestar um serviço gratuito a vítimas de crimes violentos (violência doméstica, violação, maus tratos físicos e psicológicos), no sentido de sensibilizar para esta temática, e potenciar o acesso a este serviço, minimizando o risco de exposição dos (as) utentes e garantindo maior confidencialidade e segurança, uma vez que o apoio será prestado.

Cooperação Sólida

Lurdes Queirós enalteceu o trabalho desenvolvido e o investimento feito Ação Social da junta de freguesia, frisando que as "juntas de freguesia conhecem a realidade dos territórios e isso é muito importante para que a nossa intervenção vá de encontro às solicitações".

Prova disso, é a assinatura deste protocolo com a Delegação de Matosinhos da Cruz Vermelha Portuguesa, cujo objetivo na sua opinião passa por promover uma atuação sustentada com as vítimas de Violência.

Este protocolo pretende “disponibilizar os serviços da CVP quer no atendimento às vítimas, quer em fornecer outras respostas a jusante ou a montante”, conforme explicou Patrícia Faro, Presidente da Direção.

José Pinto na sua intervenção ressalvou, ainda, a importância da confiança recíproca e a proximidade com as vítimas.