Bolsa de Voluntariado Local e G.A.I.

Duas novas valências no Norte do Concelho

A presidente da União das Freguesias de Perafita, Lavra e Santa Cruz do Bispo, Lurdes Queirós, apresentou no passado dia 22 de novembro, em sede de Comissão Social de Freguesia, uma nova resposta social ao dispor da comunidade do Norte do Concelho, em parceria com a Associação para o Planeamento da Família  (APF) de Matosinhos.

Trata-se de um Gabinete de Atendimento Individualizado – G.A.I. que pretende manter uma intervenção constante potenciando o conhecimento, a todos os interessados  residentes no território da UFPLSCB, no que respeita a todas as questões relacionadas com a saúde sexual e reprodutiva, contraceção e doenças sexualmente transmissíveis.

A Sra Presidente Lurdes Queirós frisou “que este serviço vai desenvolver um trabalho de proximidade dando apoio a pessoas que se encontrem em situação de vulnerabilidade”, premissa partilhada e enaltecida por Dra. Ana Aroso, presidente da AFP Norte.

É, igualmente, propósito desta nova resposta dotar os beneficiários de ferramentas para que possam ter uma vida sexual mais saudável, ter um acesso mais eficaz à saúde e um encaminhamento correto para os serviços indicados”, consoante referiu Nuno Teixeira, coordenador da APF de Matosinhos.

Por fim, os atendimentos serão efetuados no Polo de Perafita às segundas-feiras, no Polo de Santa Cruz do Bispo às quintas-feiras e no Polo de Lavra às sextas-feiras. Refira-se que os atendimentos também podem ser marcados através dos seguintes contactos: 969595772 email: apf.biquinha@gmail.com.

 

Funcionários respondem “Sim” à Bolsa de Voluntariado Local

Neste mesmo dia, a Sra presidente de junta, Lurdes Queirós, apresentou a Bolsa de Voluntariado Local, uma iniciativa integrado no projeto Municipal V.E.M., que surgiu para colmatar uma lacuna identificada pelos parceiros que integram as três Comissões Sociais de Freguesia existentes no território.

Trata-se de uma ação inovadora, constituída por 34 voluntários, todos eles colaboradores desta autarquia, já certificados, que manifestaram interesse e disponibilidade, para prestar apoio a necessidades identificadas pelas entidades parceiras das 3 Comissões da União, realçando o exercício da Cidadania,  da Responsabilidade Social de cada voluntário e de cada Instituição, conforme avançou Lurdes Queirós.