Cemitérios da União de Freguesias encerrados após parecer das entidades de saúde 

Os cemitérios vão encerrar nos dias 31 de outubro e 1 de novembro devido ao "aumento exponencial" dos casos de infeção COVID-19

Depois de consultada a Unidade de Saúde Pública e os vários serviços municipais que dão apoio nesta área considerou-se que não seria possível assegurar as normas de segurança emitidas pela Direção-Geral da Saúde (DGS) nem no interior, nem nas entradas e saídas dos cemitérios, pelo que a Câmara Municipal de Matosinhos optou pelo seu encerramento dos espaços nos dias 31 de outubro e 1 de novembro.

Esta decisão tem como principal objetivo a proteção da população, numa altura em que os casos de infeção por covid-19 estão a crescer de forma exponencial na comunidade e no país.

De forma a possibilitar que a população preste homenagem aos seus familiares, a Junta de Freguesia, vai alargar o horário dos cemitérios de Perafita, Lavra e Santa Cruz do Bispo nos dias 28, 29, 30 de outubro e 2 de novembro, abrindo das 7h00 às 20h00.

As regras de utilização destes locais mantêm-se, nomeadamente o uso de máscara, o cumprimento do distanciamento social de dois metros e o tempo de permanência reduzido ao mínimo indispensável.

Em Portugal, morreram 2.198 pessoas dos 101.860 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.