“Não estamos a cortar a relva para que as abelhas se possam alimentar”

União das Freguesias de Perafita, Lavra e Santa Cruz do Bispo, lança campanha ambiental que visa a proteção de um ecossistema muito importante.

Mal começa a Primavera, há uma tarefa que se repete por todo o lado: cortar as ervas daninhas e as flores selvagens que delas rebentam entre os passeios de casa ou as pedras e muros da freguesia, ou florescem nos jardins públicos. E se, com esta rotineira ação, estivéssemos a prejudicar insetos polinizadores como as abelhas? E se, com isso, nos estivéssemos também a prejudicar? Algumas das plantas favoritas destes insetos, que ajudam na reprodução da flora, são as mal-amadas ervas daninhas.

É por isso que a União das Freguesias de Perafita, Lavra e Santa Cruz do Bispo, decidiu deixar de cortar alguns dos jardins à sua responsabilidade, mantendo uma manutenção mais “leve” dos mesmos. O objetivo será alargar a mais zonas do território e as abelhas agradecem.

#Matosinhos #PLSCB #Ambiente