Núcleo museológico de pesca artesanal, reutilizando uma antiga “casa do mar” da praia de Angeiras. Estas estruturas pertenciam, até meados do século XX, às grandes casas de lavoura da região, e nelas os “moços de mar” guardavam o barco, os utensílios para a faina e para a apanha do sargaço e pilado, que era aplicado nas práticas agrícolas. 

A tradição agro-marítima de Angeiras é muito antiga. Prova disso é no exterior da casa as réplicas dos tanques romanos de salga de peixe, datados dos séculos II-IV d.c. e classificados como Monumento Nacional. Estes tanques, escavados na rocha na Praia de Angeiras, destinavam-se ao fabrico do “garum”, produto resultante da maceração de determinadas espécies de peixe, aperitivo muito apreciado pelos romanos. 

Os tanques originais encontram-se permanentemente assoreados a algumas dezenas de metros de distância.

Informações: Entrada Gratuita

Morada: Av. da Praia de Angeiras

E-mail: cultura@perafita-lavra-santacruzbispo.pt

(fonte: www.cm-matosinhos.pt)